26 junho 2017

O QUE É "TIGHT LACING"?

Há algumas semanas eu comecei a praticar o Tight Lacing que traduzido ao pé da letra, quer dizer "laço apertado". Pensei bem antes de entrar de cabeça nisso e pesquisei muito para entender melhor sobre. Nesse processo eu vi que muita gente tinha uma certa dúvida do que se tratava então vim trazer uma versão mais resumida pra vocês. Porém, claro, busquem profissionais na área antes de iniciar a prática.
Tight Lacing é o nome dado a prática de usar um corset ou espartilho (como antigamente era chamada a peça) por determinado período afim de reduzir as medidas da cintura. 
NÃO, o corset não te emagrece - ao contrário do que muitos pensam - ele apenas modela as costelas flutuantes e o tecido adiposo dando ao praticante uma cintura mais fina. 
Vale lembrar que corset, corselet e corpete são coisas completamente diferentes. Para a prática do tight lacing, apenas o corset que é usado, sendo ele nos modelos underbust ou waist cincher. Essa prática era bem comum na época das nossas avós onde as divas do cinema ostentavam as famosas cinturinhas de pilão. 
O corset deve ser feito sob medida, claro, para que o resultado seja perfeito e não modifique de forma negativa o corpo ao modelá-lo deixando-o torto, por exemplo. Ele normalmente é feito com tecidos resistentes, afinal será usado por horas e devido a pressão, deve resistir bem. O modelo mais comum para a prática é um underbust no estilo vitoriano.
De novo elas, as Kardashians… Quem acompanha essa família no Instagram já deve ter percebido que elas são praticantes de Waist Training, uma forma de modelar a cintura. Agora uma dúvida… o Tight Lacing é a mesma coisa do Waist Training? Calma Constanza, vamos devagar. O Tight Lacing é um tipo de corpete que é amarrado, …
Eu, sinceramente, achei um pouco difícil me acostumar com ele no começo mesmo fazendo o seasoning que é o processo de transição para seu corpo se acostumar a peça. Tenho seios grandes e por conta disso adquiri o costume de raramente ficar ereta por conta do peso e o corset nos ajuda a manter a postura mais certinha, o que é bom. Acho que nisso tem me ajudado muito.
Essa não sou eu apesar de eu estar tão branca quanto ela rs

Claro que como o nosso tronco fica parado, deve-se fazer exercícios todos os dias para a lombar e abs afim de não causar dores e danificar os músculos do tronco. Consequentemente muitas praticantes acabam emagrecendo devido aos exercícios mas não é em todos os casos.
Para quem quer deixar a cintura fina, nenhum método é melhor que o Tight Lacing. Tendo em mente, claro, que as cintas que estão na moda graças as Kardashian não servem para  a prática. 
Abaixo uma foto minha com e sem corset. 

Fonte AQUI

14 junho 2017

MAKES DA SEMANA

Tudo bem, tudo bem. Sei que dei uma sumida mas agora estou de volta. *-*
Esses dias me dei conta de que nunca havia feito uma postagem falando da minha vida como vejo muitas blogueiras fazendo. Não tenho o costume e nunca achei que alguém teria real interesse em saber algo sobre mim mas eu não teria certeza de como seria a reação de vocês se não tentasse, certo?
 Então, essa semana eu brinquei um pouco com as minhas maquiagens, maquiei uma cliente, comecei a praticar tight lacing, saí a toa com meu primo e me perguntei se deveria fazer um canal mas sobre isso eu coloco mais abaixo do post. Vamos por partes, nesse post vou falar só sobre as maquiagens. :) Essa da primeira foto eu fiz hoje. Nos últimos dias eu fiz uma maratona de RuPauls Drag Race e na quarta temporada a Ru usou uma com as mesmas cores (roxo e amarelo) e resolvi tentar fazer uma com os mesmos tons mas uma execução diferente, porque sempre fiz os olhos em tons neutros e tenho que sair da minha zona de conforto. Essa é a parte legal de trabalhar com isso.

05 junho 2017

RESENHA: FRANKENSTEIN OU O PROMETEU MODERNO


Título: Frankenstein ou Prometeu Moderno
Autor: Mary Shelley
Editora: DarkSide
Páginas: 304
Sinopse: A Edição Definitiva De Uma Obra-Prima Do Terror. Duzentos anos após sua criação, Frankenstein continua vivo – e mais atual do que nunca. Conheça a história original, com toda a sensibilidade e o terror que o cinema nunca conseguiu mostrar. Um cientista obcecado que desafia as leis da natureza e põe em risco a vida daqueles que ama. Uma criatura quase humana que deseja ser um de nós, mas só encontra medo, ódio e morte pelo caminho. A obra-prima de Mary Shelley que deu origem ao terror moderno está de volta, numa edição monstruosa como só a DarkSide® Books poderia lançar: capa dura, tradução primorosa, ilustrações inéditas do artista brasileiro Pedro Franz, além de quatro contos extras que versam sobre o mesmo tema do romance. Impresso em duas cores: preto e sangue. Um livro que todos deveriam ler e reler ao longo da vida. A edição definitiva para se guardar para sempre. Frankenstein é um dos primeiros títulos da coleção Medo Clássico, sempre com texto integral, extras, notas e ilustrações exclusivas de renomados artistas brasileiros, em um projeto feito de fã para fã por quem ama e reverencia os grandes mestres da escuridão.